UFMS está entre as 21 instituições de Ensino Superior brasileiras classificadas no Ranking de Shangai

Postado por: Corso

Divulgado nessa segunda-feira, 15, o Ranking de Shangai  mostra a UFMS entre as mil melhores instituições de Ensino Superior classificadas em todo o mundo, e entre as 21 universidades brasileiras. A publicação é resultado de uma avaliação feita com 2.500 universidades pela Shanghai Ranking Consultancy, uma organização independente em inteligência de Ensino Superior.

Ranking Acadêmico das Universidades do Mundo (Academic Ranking of World Universities – ARWU) 2022 traz as instituições listadas em ordem de pontuação até a 100ª posição. A partir daí, o ranking deixa de definir uma posição específica para cada universidade e mostra apenas o bloco no qual ela se encaixa. Todas as 21 instituições brasileiras estão nesta classificação por blocos.

A USP segue como a primeira brasileira, entre as posições 101 e 150 do ranking. A Unicamp aparece em segundo do país, entre as posições 301 e 400. UFMG, UFRJ, UFRGS e Unesp estão entre a 401ª e 500ª posição, e em seguida aparecem a UFPR, UFSCar, Unifesp, UFV, UFSC, UFF, UNB, UFC, UFPE, UFSM, UFPel, UFBA, UFG e UFRN. A UFMS aparece entre a 901ª e 1.000ª posição.

Conforme divulgação, para a composição do ranking são levados em consideração seis indicadores objetivos, incluindo o número de ex-alunos e funcionários vencedores do Prêmio Nobel e Medalhas Fields; número de pesquisadores altamente citados selecionados pela Clarivate; número de artigos publicados em revistas da Nature e Science, número de artigos indexados em Science Citation Index Expanded™ e Social Sciences Citation Index™ na Web of Science™ e desempenho per capita de uma universidade.

Para a diretora  de Avaliação Institucional, Caroline Pauletto Spanhol Finocchio, o resultado se deve ao reconhecimento internacional das publicações e prêmios obtidos pela UFMS. “A Universidade apresenta constante busca pela inovação e desenvolvimento institucional. Além disso, temos uma equipe de trabalho altamente qualificada, com pesquisadores renomados e produção científica de qualidade. Estarmos entre as 21 brasileiras significa que a UFMS está entre as melhores universidades do mundo, com reconhecimento internacional, seja na ciência, na pesquisa e na inovação”.

O ranking foi publicado pela primeira vez em 2003 pelo Centro para Universidades de Classe Mundial (CWCU) da Escola Superior de Educação da Universidade de Shanghai Jiao Tong (China) e desde 2009 passou a ser publicado pela Shanghai Ranking Consultancy.

Classificação

Posição no ranking mundial – entre 101 e 150 – Universidade de São Paulo (USP)

Posição no ranking mundial – entre 301 e 400 – Universidade de Campinas (Unicamp)

Posição no ranking mundial – entre 401 e 500 – Universidade Federal de Minas Gerais  (UFMG) / Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) / Universidade Federal de Rio Grande do Sul (UFRGS) / Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Posição no ranking mundial – entre 601 e 700 – Universidade Federal do Paraná (UFPR) / Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) / Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) / Universidade Federal de Viçosa (UFV)

Posição no ranking mundial – entre 701 e 800 – Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) / Universidade Federal Fluminense (UFF) / Universidade de Brasília (UNB)

Posição no ranking mundial – entre 801 e 900 – Universidade Federal do Ceará (UFC) / Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) / Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) / Universidade Federal de Pelotas (UFPel)

Posição no ranking mundial – entre 901 e 1.000 – Universidade Federal da Bahia (UFBA) / Universidade Federal de Goiás (UFG) / Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) / Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)

Confira aqui o ranking completo.

 

Texto: Ariane Comineti

Fonte: notícia originalmente publicada no link.

Compartilhe:
Veja também