Gestores se reúnem em nova etapa da Jornada de Excelência

Postado por: Corso

A Universidade entrou em uma nova etapa da Jornada de Excelência, do movimento MS Competitivo, e busca desenvolver a melhoria na gestão e eficiência dos recursos públicos. Os gestores da UFMS se reuniram nesta quinta-feira, 26, para discutir processos e avaliar as metas que já foram desenvolvidas.

O reitor Marcelo Turine ressalta a importância da capacitação promovida pelo programa

A UFMS participa da Jornada de Excelência desde 2019. Para o reitor Marcelo Turine, a Universidade deve se dedicar à busca pela melhoria na governança e na gestão. Ele destaca a importância da capacitação e da avaliação promovidas pela Jornada.

“Nesse momento, de estarmos juntos com nossos líderes, pró-reitores e diretores, discutindo e avaliando a Universidade, é importante para termos um Modelo de Excelência na Gestão (MEG) e alcançarmos a pontuação de qualidade internacional que desejamos. Vamos avaliar, melhorar, ouvir para reconstruir e, assim, ter uma direção para a governança efetiva da Educação Superior no país”, ressalta.

A vice-reitora Camila Ítavo afirma que a comunidade percebe a melhoria na gestão

A vice-reitora Camila Ítavo avalia que a Universidade passou por mudanças desde que aderiu à Jornada. Ela afirma que a comunidade acadêmica reconhece as conquistas. “[A comunidade] consegue perceber as transformações que foram idealizadas e depois proporcionadas por esse processo de excelência em gestão”, afirma.

Como exemplo, a vice-reitora cita a Brinquedoteca, que foi inaugurada nesta semana na Cidade Universitária, e será expandida para todos os Câmpus que têm o curso de graduação em Pedagogia. “Existe um processo de governança, de análise, de estudo e de metodologias, para que a gente atenda ao que a comunidade precisa”.

O programa é composto por quatro etapas: a escolha, o diagnóstico participativo, os planos de ação e a certificação. A UFMS está na fase de finalização da segunda etapa. De acordo com o instrutor técnico do MS Competitivo, Carlos Schauff, a Universidade definiu três projetos prioritários, para melhoria do atendimento ao MEG. “Estamos avaliando estes três projetos estratégicos escolhidos, que têm o objetivo de tratar lacunas do diagnóstico que foi feito nas primeiras fases”, detalha.

O instrutor técnico Carlos Schauff explica que o programa foi dividido em fases

Os projetos definidos foram a Universidade Sustentável 2.0, o UFMS Experience e o Universidade, Excelência e Resultados. “Nós agrupamos vários pequenos problemas, lacunas de gestão, nestes três grupos”, diz Schauff.

Gestores de todas as unidades e Câmpus estiveram presentes na capacitação desta quinta-feira. A diretora do Câmpus de Aquidauana, Ana Graziele Lourenço Toledo, afirma que os workshops oferecem muitos aprendizados. “Ajuda a olhar as nossas ações e desenvolver os nossos projetos de outra forma. Foi um enriquecimento muito grande, que a gente teve participando desse processo”.

A Jornada de Excelência é um programa de educação e melhoria da gestão para aumento da competitividade e sustentabilidade. São realizados workshops participativos, balizados por critérios de excelência. Em 2020, a UFMS foi a primeira instituição de ensino pública a ser certificada na categoria Rumo a Excelência, com 500 pontos do MEG.

Texto: Mylena Rocha

Fotos: Marcelo Calazans

Fonte: Notícia originalmente publicada no link.

Compartilhe:
Veja também