Estudantes e servidores podem realizar a Avaliação Institucional 2022

Postado por: Corso

O questionário da 1ª etapa da Avaliação Institucional 2022 está disponível e a comunidade universitária já pode responder. Estudantes, docentes, coordenadores de curso, diretores e técnicos-administrativos têm até o dia 17 de junho para avaliar a Universidade e propor melhorias.

O formulário foi disponibilizado na segunda-feira, 30, e é importante para fornecer dados que podem nortear futuras decisões da administração. De acordo com a diretora de Avaliação Institucional, Caroline Pauletto Spanhol Finocchio, o preenchimento é voluntário.

“Faço o convite para que todos preencham o questionário. A avaliação é fundamental para que a nossa Instituição possa conhecer os pontos fortes e fracos das práticas universitárias, segundo a percepção da comunidade”, afirma.

Após o preenchimento do formulário, a UFMS pode analisar os dados e obter vantagens. Entre os benefícios, estão a possibilidade de mensurar os esforços da Universidade para promover a qualidade do ensino, a busca pela excelência e a sua utilidade para a sociedade.

A diretora destaca avanços promovidos com base nas informações fornecidas pela comunidade. “Podemos citar a política de internacionalização. Podemos ver a ampliação das oportunidades de internacionalização para os nossos estudantes e servidores. Por isso a avaliação é importante, pois é a partir da efetiva participação que podemos promover mudanças e avançar cada vez mais”, enfatiza.

A primeira etapa da avaliação é composta por perguntas mais variadas, que envolvem desde as políticas até a infraestrutura da Universidade. Já a segunda etapa, que será realizada no próximo semestre, terá um formulário mais enxuto,  para avaliação com ênfase nas disciplinas.

O questionário está disponível no Sistema de Avaliação Institucional (Siai) e as respostas são anônimas. O usuário pode acessar o portal com o Passaporte UFMS e, em seguida, preencher o formulário de acordo com sua função: técnico-administrativo, docente, diretor de unidade setorial, coordenador de curso, estudante de graduação presencial ou Ensino à Distância (EaD), estudante de pós-graduação e estudante de residência multiprofissional ou médica.

Texto: Mylena Rocha

Fonte: Notícia originalmente publicada no link.

Compartilhe:
Veja também