Certificado da Times Higher Education destaca classificação da UFMS

Postado por: Corso

Times Higher Education enviou ontem (13) o certificado da UFMS pela colocação no ranking de impacto de desenvolvimento sustentável, o THE Impact Rankings 2022. A certificação destaca os indicadores Qualidade na Educação (4), Igualdade de Gênero (5) e Trabalho e Crescimento Econômico (8), nos quais a UFMS foi recebeu pontuação de relevância entre as instituições participantes.

 

No ranking geral, a Universidade ficou na faixa das 301-400 melhores instituições de ensino superior, entre as 1.406 analisadas, em 106 países. Na avaliação, a UFMS avança na classificação e se mantém pelo terceiro ano consecutivo entre as universidades de destaque em impacto sustentável no mundo. Em 2020 e 2021, a Universidade ficou na faixa de 401-600. Ao todo, 48 instituições de ensino brasileiras integram o THE Impact Rankings 2022 e a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul ocupa a 7ª posição na classificação geral nacional.

Para o reitor Marcelo Turine, a classificação é um reconhecimento pelo trabalho realizado pela Universidade nos 17 indicadores avaliados. “A cada ano estamos mais conscientes sobre a sustentabilidade, a inovação e o respeito com os recursos naturais e às pessoas. Então, é uma alegria receber essa certificação, mas não é uma surpresa porque todos nós estamos trabalhando para diariamente para melhorar cada vez mais o nosso ambiente”, disse.

Entre os 17 ODS, a UFMS foi classificada em 88 no objetivo Qualidade da Educação (4), e na faixa de 101-200 em Igualdade de Gênero (5) e Trabalho Decente e Desenvolvimento Econômico (8). No item 17, relacionado  às Parcerias para o alcance das metas, a UFMS ficou na faixa 601-800, sendo este o único item obrigatório para a participação das instituições.

“É a primeira vez que conseguimos melhorar a nossa posição geral”, ressalta a diretora de Avaliação Institucional, Caroline Spanhol. “Tivemos destaque principalmente na educação de qualidade. É uma alegria muito grande ver os nossos esforços reconhecidos através desse ranqueamento feito pela Times Higher Education”, frisa a diretora.

O reconhecimento é reflexo da atuação sustentável da Universidade, que desde 2018 vincula todos os projetos de ensino, pesquisa, extensão, empreendedorismo e inovação a pelo menos um ODS. A medida tem o objetivo de engajar a Instituição na Agenda 2030 e aplicar as metas promovidas pela Organização das Nações Unidas.

Entre outras ações, a Universidade aderiu à Rede Brasil do Pacto Global da ONU, a maior iniciativa voluntária de sustentabilidade corporativa do mundo. Com a adesão, a UFMS se compromete ainda mais em promover os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Critérios de classificação

Times Higher Education é uma instituição britânica especializada em educação e o ranking avalia universidades de todo o mundo com relação ao cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. A pontuação geral é gerada a partir da pontuação do ODS 17 (valendo até 22% da pontuação geral), mais os três mais fortes dos outros ODS para os quais as instituições forneceram dados (cada um valendo até 26% da pontuação geral).

*Fonte: Notícia original publicada no link.

Compartilhe:
Veja também